GO: PM morre após disparo acidental da própria arma

0
775
Soldado Paulo Vitor Alves de Oliveira, lotado em Luziânia — Foto: Reprodução/Redes Sociais e Polícia Militar.

Um policial militar de 32 anos morreu após ser atingido por um disparo acidental da própria arma, em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal.

De acordo com registro policial, o soldado Paulo Vitor Alves de Oliveira foi atingido durante o expediente, na última quarta-feira (19).

Segundo relato da Polícia Civil, o tiro acertou a região da barriga do policial, no início da jornada de trabalho do soldado. A pistola utilizada por Paulo Vitor Alves foi recolhida pela polícia para análise.

A Polícia Militar emitiu uma nota de pesar ao soldado em seu site.

Nota de Falecimento – Soldado Paulo Vitor Alves de Oliveira.

É com profundo sentimento de pesar que a Polícia Militar de Goiás informa o falecimento do Soldado RG 38.042 Paulo Vitor Alves de Oliveira, pertencente à Companhia de Policiamento Especializado – CPE do 5º CRPM, nascido em 27/08/1990.

Rogamos a Deus que em sua infinita misericórdia, conforte o coração dos familiares e amigos“, disse.

O velório e o sepultamento do militar aconteceu nesta quinta-feira (20), no Cemitério Santa Luzia.

 

Deixe seu comentário