Moro desiste de disputar a Presidência da República, se filia ao União Brasil e deve sair candidato a deputado federal por SP

0
151
Ex-juiz da Lava-Jato desistiu da candidatura à Presidência para disputar uma vaga na Câmara dos Deputados.

O ex-juiz Sérgio Moro desistiu de disputar a Presidência da República e será candidato a deputado federal por São Paulo. A informação foi pela equipe de comunicação do ex-ministro.

Após a publicação da reportagem, a assessoria de Moro afirmou que o ex-juiz ainda não definiu seu destino como candidato. 

Moro assinou sua filiação ao União Brasil nesta quinta-feira, em um hotel de São Paulo. A decisão de disputar a Câmara dos Deputados ocorreu após reunião com o deputado federal Júnior Bozzella, vice-presidente do União Brasil em São Paulo, e o grupo de Alexandre Leite, filho do presidente da Câmara Municipal, Milton Leite, e antigo presidente do DEM estadual. O coordenador de sua campanha, o advogado Luís Felipe Cunha, também estava presente.

Moro vem para o União com a expectativa de ser um dos deputados mais votados da história do país. Daremos todas as condições para isso — afirmou Leite, em nota.

Bozzella afirmou, em coletiva de imprensa, que os dirigentes do União têm se esforçado para “montar bases, palanques” em todo o país e aumentar a bancada federal.

Conforme mostrou o GLOBO, Moro já vinha deixando o partido distante das decisões estratégicas da campanha.

A pessoas próximas, Moro relatou que se sentia “boicotado” pelo partido, já que a presidente do Podemos, Renata Abreu, deixou claro a prioridade em eleger as bancadas no Congresso na eleição deste ano.

Com a confirmação da desistência de Moro e se confirmada também a saída do governados de São Paulo da disputa pela Presidência, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), vê chance de união de partidos em torno de chapa com o nome dele e de Simone Tebet (MDB).

Além de PSDB e MDB, a aliança contaria também com o União Brasil, o Cidadania e o Podemos. A ideia de aliados de Leite é que seja selada uma aliança entre os dois com o compromisso de que a definição sobre quem ficaria com a cabeça da chapa só ocorreria no futuro diante da análise de pesquisas e cenários.

Deixe seu comentário