Variante mais contagiosa da Covid-19 é encontrada em 93% de casos estudados em Goiânia

0
346

O Secretário Municipal de Saúde de Goiânia, Durval Pedroso, divulgou em coletiva de imprensa na última quarta-feira (17/3), o resultado das análises das novas cepas do coronavirus que circula em Goiás. A variante mais contagiosa da Covid-19 foi encontrada em 93% dos casos estudados em Goiânia.

De acordo com o secretário, de 30 amostras 28 testaram positivo para a nova variante de Manaus, tecnicamente chamada de P1. Essa cepa é considerada mais agressiva que outras predominantes na primeira onda da pandemia. As amostras foram colhidas aleatoriamente na capital e o estudo foi realizado pelo laboratório da UFG a pedido da prefeitura.

A Superintendente de Vigilância em Saúde do estado (SES), Flúvia Amorim, informou que ela está em estágio de transmissão comunitária no estado.

Variante mais contagiosa da Covid-19 atinge mais pessoas jovens
Segundo Pedroso, essa variante tem o poder de contágio e transmissão muito maior e atinge mais pessoas mais jovens, diferentemente do que era observado na onda anterior, onde pessoas idosas e com comorbidades eram mais acometidas pela doença.

“Hoje, o cenário mostra pessoas mais jovens em estado grave, isso é o reflexo dessa cepa mais agressiva. As pessoas devem se preocupar em saber que a gravidade da doença que castigou Manaus, hoje, encontra-se em Goiânia”, alertou Durval.

Conforme apontado pelo secretário, a nova variante pode deixar os pacientes com fortes infecções e com necessidade de internação em Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

“A taxa de crescimento de solicitação de UTI não tinha um perfil tão vertical no ano passado. Neste ano, o nosso tempo ficou muito curto. O serviço só não colapsou porque foram abertos 300 novos leitos, que já estão todos ocupados”, afirma Pedroso.

Cidades goianas registram variante do coronavírus de Manaus
Nesta semana, a variante P1 do coronavírus foi encontrada em um morador de Catalão, na região sudeste do estado. De acordo com a SES, essa nova variante P1 também foi encontrada em Anápolis e Águas Lindas de Goiás, onde uma idosa de 60 anos morreu em um hospital do Distrito Federal. A paciente não tinha histórico recente de viagens pelo país.

Deixe seu comentário
SHARE
Goiano, 26 anos, Casado, Pai, Redator e Proprietário do Jornal Itapaci Urgente. Aqui a notícia é verdade.