Vacinação no Brasil precisa aumentar 11 vezes para conter covid em 1 ano

0
184

De acordo com um estudo publicado pelo Programa de Pós-Graduação em Modelagem Computacional da UFJF (Universidade Federal de Juiz de Fora), para o Brasil conter a pandemia em até um ano, a vacinação no país precisará chegar a 2 milhões de pessoas por dia.

Com média de 185 mil imunizações diariamente —considerando as doses aplicadas entre 18 de janeiro e 19 de fevereiro—, o país precisaria aumentar 10,7 vezes a quantidade de pessoas vacinadas por dia para imunizar pelo menos 70% da população em doze meses.

Como alguns municípios estão freando a vacinação por falta de doses e o Ministério da Saúde (MS) deverá ter apenas 5,6 milhões das 11,3 milhões de doses esperadas para fevereiro, essa meta pode demorar a chegar.

Quando a meta for atingida, os casos ativos devem variar de 8 mil —com uma vacina 50% eficaz— a 201 com uma 90% eficiente.

Segundo o estudo, nesse ritmo, a pandemia estaria controlada após um ano da vacinação, independentemente da eficácia. Com uma taxa de vacinação de 100 mil pessoas diariamente, o número de casos ativos ainda seria alto (85.135 casos) e a pandemia poderia manter-se por mais de dois anos.

Contudo, caso a vacina chegue a 2 milhões de pessoas todo dia, cerca de 191.110 vidas seriam salvas em um ano com uma vacina 50% eficaz. “Temos que conseguir vacinar cerca de 100 milhões de brasileiros até maio ou início de junho, para salvar essas vidas”, afirma Rodrigo Weber, um dos autores do documento. (Com informações do Portal UOL)

 

Deixe seu comentário
SHARE
Goiano, 26 anos, Casado, Pai, Redator e Proprietário do Jornal Itapaci Urgente. Aqui a notícia é verdade.