GO: Idoso é preso suspeito de matar diarista a pedradas

0
1513
Odineia Salgueiro foi morta a pedradas por Sebastião Ferreira, segundo a polícia, em Águas Lindas de Goiás — Foto: Reprodução.

Sebastião Ferreira dos Santos, de 71 anos, foi preso suspeito de matar a diarista Odineia Félix Salgueiro, em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. Ele e a mulher, que tinha 42 anos, moraram juntos por 6 meses, mas Sebastião não aceitou o fim do namoro quando Odineia decidiu se separar, segundo a polícia. O rosto da diarista ficou desfigurado após ser atacada a pedradas.

Sebastião estava foragido após cometer o feminicídio na última segunda-feira (2), segundo a delegada Silzane Bicalho. No dia seguinte, ele foi encontrado e preso por policiais militares a 200km de distância, em Aparecida de Goiânia.

Segundo delegada, Sebastião Ferreira tinha um mandado de prisão em aberto por outro feminicídio, cometido em 2010. Na época, ele também matou a ex-companheira.

O portal não localizou a defesa de Sebastião Ferreira dos Santos para se manifestar sobre a prisão até a última atualização desta reportagem.

Separação
A delegada Silzane Bicalho contou que Odineia morou com o idoso por 6 meses e decidiu se separar na virada do ano. A partir de então, o suspeito fez ameaças de morte contra a diarista.

Ela se separou do pai dos filhos dela e foi morar com esse homem, que é o suspeito. Ele a ameaçou dizendo que a mataria se voltasse para o ex-marido“, esclareceu a delegada.

Segundo a investigação, a diarista dormiu na casa do ex-marido na noite de domingo (1º) para segunda-feira. Na manhã, o suspeito esperou o homem sair, por volta de 6h, e entrou na residência quando ela estava sozinha. Odineia e o idoso brigaram e ele acertou uma pedrada na cabeça dela.

Teve bastante luta corporal. Ele deu uma pancada na cabeça dela. Encontramos uma pedra, daquelas que segura a porta, suja de sangue e encaminhamos para a perícia“, destacou a delegada.

Deixe seu comentário