GO: Homem é preso suspeito de estuprar neta da companheira e obrigar mulher a ver o crime

0
564
Vaqueiro é preso suspeito de estuprar neta de companheira e obrigar mulher a ver o crime em São Miguel do Araguaia, Goiás — Foto: Reprodução/Polícia Civil

Um vaqueiro foi preso suspeito de estuprar a neta de 11 anos da companheira e ainda obrigar a mulher a ver o crime cometido dentro de casa, em São Miguel do Araguaia, no oeste de Goiás. Além do abuso sexual contra a menina, o suspeito bateu na companheira e a manteve trancada dentro do quarto. O delegado Thales Feitosa revelou que durante as agressões, ele ameaçou as vítimas de morte.

O nome do suspeito não foi divugado pela Polícia Civil. Por isso, o portal não localizou a defesa para se manifestar sobre a prisão até a última atualização desta reportagem.

O suspeito admitiu em depoimento que agrediu a mulher, na segunda-feira (27). Em relação ao estupro, ele alegou que beijou e abraçou a menina, além de estar bêbado no momento. O delegado, porém, explica que isso é crime de estupro de vulnerável.

Ao ver os policiais, a vítima, que apresentava edemas e escoriações em todo o corpo, começou a gritar pedindo por ajuda, pois não aguentava mais aquela situação. Enquanto praticava o abuso, o suspeito anunciava que cortaria o pescoço das vítimas“, detalhou o delegado.

A investigação descobriu que o vaqueiro de 40 anos ameaçou a irmã da menina violentada sexualmente, que tem 7 anos e estava trancada em um quarto da casa.

A família ficou sem comunicação por mais de 24 horas porque o suspeito quebrou o celular da companheira. A polícia chegou à casa após receber denúncia anônima.

 

Deixe seu comentário