GO: Três servidores do Detran-GO são afastados em operação contra fraudes em exames médicos para tirar CNH

0
261
Polícia Civil cumpre mandados em escola de trânsito em cidade de Goiás contra fraudes para obter CNH — Foto: Reprodução/Polícia Civil

Três servidores do Departamento de Trânsito de Goiás (Detran-GO) foram afastados do trabalho, nesta quarta-feira (1º), em uma operação da Polícia Civil contra fraudes em exames médicos para tirar e renovar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Um dos servidores foi preso em flagrante por posse ilegal de arma fogo.

Os nomes dos suspeitos não foram divulgados. 

O Dentran-GO informou em nota que todas as denúncias que chegam são apuradas pela Gerência de Auditoria que, identificando situações de fraude, as encaminha à Polícia Civil. O departamento informou ainda que auxilia nas investigações policiais (leia a íntegra ao final).

A Polícia Civil apurou que um despachante usava a influência que tinha com os servidores para facilitar os processos dentro do Detran para pessoas com dificuldades de visão conseguirem a carteira.

As fraudes aconteceram em várias cidades do estado. O delegado José Antônio de Podestá explicou que os servidores recebiam pagamentos para agilizar o serviço para os clientes do despachante.

A Polícia Civil também obteve na Justiça a suspensão das atividades de uma clínica médica e de um centro de formação de condutores envolvidos. Além disso, houve determinação para que dois médicos deixem de realizar exames para obtenção de CNH até o término das investigações.

Chamou a atenção da polícia a movimentação de moradores de cidades como Jataí, distante 400 km da cidade de Goiás, por exemplo, de ir realizar os exames para renovação da CNH naquele município.

Durante a operação, a polícia cumpriu mandados de busca e apreensão em Goiânia, cidade de Goiás e Itaberaí.

Nota do Detran-GO
Sobre a operação Medical Report da Polícia Civil deflagrada nesta terça-feira (01/06), por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes contra a Administração Pública (Dercap) e que trata de fraudes em exames médicos para obtenção e renovação de CNHs, o Departamento Estadual de Trânsito de Goiás informa que:

– Todas as denúncias que chegam ao Detran-GO são apuradas pela Gerência de Auditoria que, identificando situações de fraude, as encaminha à Polícia Civil;

– Quando há instauração de inquérito, a autarquia se disponibiliza a enviar as informações para auxiliar nas investigações;

– O órgão tem apoiado e colaborado continuamente com o trabalho da Polícia Civil do Estado, colocando-se à disposição das autoridades para quaisquer esclarecimentos.

Deixe seu comentário