GO: Jogo de baralho termina em morte após briga por suposta dívida de R$ 2,50

0
659

Erisvan Romão foi preso pela Polícia Civil suspeito de matar um homem a facadas após uma discussão durante um jogo de baralho em uma distribuidora de bebidas do Setor Diamantina, em Goiânia. O crime aconteceu no último dia 8 de abril, o suspeito foi preso na quarta-feira (20), mas a divulgação da prisão ocorreu na segunda-feira (25). Testemunhas disseram que o motivo da discussão foi uma dívida de R$ 2,50.

De acordo com a polícia, Erisvan, a vítima e outras pessoas participavam de um jogo de baralho enquanto ingeriam bebidas alcoólicas em uma distribuidora de bebidas quando os dois começaram a discutir. A confusão evoluiu para briga e os demais participantes do jogo interviram e conseguiram separá-los. Minutos depois, vítima e suspeito voltaram a brigar.

Facada, fuga e prisão
Após a troca de agressões, o suspeito foi até a barbearia onde trabalhava (localizada no mesmo setor) para pegar uma faca, voltou para a distribuidora e atingiu a vítima com um único golpe que a levou ao óbito no local. Após o crime, Erisvan fugiu e era considerado foragido desde a data do homicídio.

O suspeito foi localizado e preso na capital. Em seguida, foi encaminhado para a Delegacia de Investigação de Homicídios, onde confessou o crime. Erisvan segue preso por homicídio qualificado.

 

 

Deixe seu comentário