Após cirurgia bariátrica, PM de 35 anos morre em hospital de Goiânia

0
324
Policial Thiago Alves Alkamim morre após cirurgia bariátrica em Goiânia — Foto: Reprodução/PMDF

Um policial militar de 35 anos morreu após uma cirurgia bariátrica em um hospital em Goiânia. A família disse que Thiago Alves Alkamim teve complicações após o procedimento.

Thiago era cabo da PM no Distrito Federal e foi internado no dia 23 no Hospital Anis Rassi para fazer a cirurgia. Após a bariátrica, ele começou a reclamar de dores, de acordo com a família. Na última terça-feira (29), ele faleceu.

Na noite após a cirurgia, Thiago sentiu fortes dores abdominais, sede intensa e agitação. Ele foi avaliado duas vezes, inclusive pelo próprio cirurgião. A hemorragia só foi diagnosticada em uma fase muito tardia”, disse Abel Vieira, primo do policial e médico.

Abel disse que Thiago estava com 162 kg quando fez a cirurgia. A família cobra detalhes do hospital sobre os tratamentos médicos dados ao paciente após a cirurgia e a causa da morte.

Em nota, a Polícia Militar do Distrito Federal lamentou a morte do cabo, que trabalhava no 1º Comando de Policiamento Regional. Ele foi velado e enterrado na última quarta-feira (30), em Brazlândia.

Deixe seu comentário