GO: “Terror do INSS” volta para casa após 5 dias de internação por dengue

0
268
"Terror do INSS" recebe alta após passar 5 dias internado com dengue (Foto: SES-GO)

O idoso de 121 anos, Andrelino Vieira da Silva, que ficou conhecido como o “terror do INSS”, recebeu alta após passar cinco dias internado com dengue em Goiânia. O aposentado voltou para sua casa, em Aparecida, na quarta-feira (23).

De acordo com informações do governo de Goiás, o idoso ficou no Centro Estadual de Atenção Prolongada e Casa de Apoio Condomínio Solidariedade (Ceap-Sol), em Goiânia. Segundo os médicos que atenderam Andrelino, o aposentado chegou à unidade, na última sexta (18), com nível muito baixo de plaquetas.

O paciente passou por exames que que indicaram o diagnóstico da dengue tipo C.

Também de acordo com os profissionais do Ceap, Andrelino foi muito comunicativo, ativo e simpático durante toda a estadia no hospital. A equipe médica afirmou que se admirou com a energia e bom humor do idoso.

Fama do “Terror do INSS” veio com foto que viralizou

O idoso ficou famoso quando celebrou aniversário de 121 anos com bolo temático decorado com a inscrição “Terror do INSS”.

A foto de Andrelino Vieira da Silva ao lado de um bolo de aniversário viralizou na internet. Ele chegou a ser homenageado pelo órgão do Governo Federal, após a repercussão da foto.

O aposentado nasceu no dia 3 de fevereiro. Para celebrar a data, a família de Andrelino fez um bolo temático com o símbolo do órgão da Previdência Social, velas para compor uma alusão aos seus 121 anos e um adesivo escrito “O Terror do INSS”. A imagem do aposentado segurando o bolo e sorrindo foi publicada nas redes sociais de uma das netas e viralizou.

Antes da dengue: idoso celebrou aniversário de 121 anos com sintomas leves de Covid-19
Andrelino Vieira da Silva celebrou seu aniversário de 121 anos de idade com sintomas leves de Covid-19, em Aparecida. O bolo usado na celebração foi encomendado pela neta dele, a supervisora contábil Janaina Lemes de Souza, de 36 anos.

De acordo com Janaína, o avô recebeu o diagnóstico de Covid-19 no dia 27 de janeiro. O aniversário do idoso centenário foi comemorado seis dias depois em uma reunião apenas com os familiares, que também estavam infectados pelo vírus e vivem no mesmo terreno onde fica a casa do avô. A neta de Andrelino afirma que ele está se recuperando da doença e sofreu apenas com sintomas leves. Ele recebeu as três doses da vacina contra o Coronavírus.

Deixe seu comentário