MP questiona utilidade e segurança de ciclofaixa construída na região central de Ceres

0
166

O Ministério Público de Goiás (MP-GO) recomendou ao secretário de Segurança Pública e Mobilidade de Ceres, tenente-coronel Elvis Cassimiro, a reavaliação da utilidade da ciclofaixa construída nas laterais esquerdas da Avenida Brasil, no trecho central, especialmente no segmento que vai do mercado municipal ao Posto Caldeirão. A orientação do promotor de Justiça Marcos Alberto Rios é também para que sejam analisados e considerados os defeitos técnicos da obra, retirando-a do local onde se encontra e construindo outra para os praticantes do ciclismo em zona mais adequada, que não seja o alto da Avenida Brasil.

No documento, o promotor reconhece que não são desconhecidas as virtudes do uso das bicicletas. Pondera, no entanto, que a modalidade de transporte é adotada e utilizada preferencialmente em localidades com perfil topográfico menos acidentado, o que não acontece na cidade. “O uso da bicicleta como meio de transporte não ocupa a preferência da população, limitando-se à modalidade esportiva, que é praticada individualmente ou em grupos em logradouros periféricos, evitando-se o centro da cidade, e também em rotas alternativas, a maioria nos limites externos do perímetro urbano ou mesmo na zona rural”, avalia o promotor.

Marcos Rios acrescenta ainda que a construção foi mal planejada, o que coloca em perigo tanto os ciclistas que transitarem pela ciclofaixa quanto os motoristas, uma vez que a avenida é constituída de duas pistas contendo duas faixas de rolamento cada uma e mais a zona de estacionamento. Com a mudança implementada, a segunda faixa foi diminuída pela metade, tendo sido usados em sua delimitação pinos de sinalização luminosa, que provocam desgastes e avarias nos pneus dos automóveis que são obrigados a passar por cima dos sinais luminosos.

“Além de seus defeitos de planejamento técnico, deixou-se de atentar para sua inutilidade, que pode ser comprovada pela simples observação, ao mesmo passo que piorou sensivelmente o tráfego na região central da cidade, causando acidentes e prejuízos aos motoristas”, observa Marcos Rios. (Texto: Cristiani Honório/Assessoria de Comunicação Social do MP-GO – Fotos: acervo da Promotoria de Justiça de Ceres)

Deixe seu comentário
SHARE
Goiano, 26 anos, Casado, Pai, Redator e Proprietário do Jornal Itapaci Urgente. Aqui a notícia é verdade.