Goiás perde uma pessoa por hora para covid-19

0
451

O estado de Goiás superou as 7 mil mortes causadas pela Covid-19 nesta quarta-feira (3). Isso significa que, a cada uma hora, uma pessoa perde a batalha para a doença. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, até nesta quinta-feira (14), são 324.917 casos confirmados da doença.

A primeira morte em Goiás foi registrada em 26 de março de 2020. A vítima era Maria Lopes de Souza, de 66 anos, então moradora de Luziânia. Ela faleceu no Hospital de Campanha de Goiânia. A partir daí, a expansão da pandemia fez com que a estatística média de 24 mortes diárias pela doença.

Com a iminência da segunda onda da Covid-19 e com o aparecimento de novas variantes, o Estado vive um momento de alerta para evitar que o sistema de Saúde goiano entre em colapso. De acordo com a SES, a taxa de ocupação de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) entre os hospitais públicos e privados está com 68,07% de ocupação. Ou seja, 356 pessoas ocupam vagas dos 523 leitos totais existentes.

Já a taxa de ocupação de enfermaria é mais tranquila. São 38,83% de leitos que contam com pacientes suspeitos ou com confirmações do novo coronavírus. Goiás também já conta com investigações de possível reinfecções do estado. A superintendente de Vigilância em Saúde da SES, Flúvia Amorim, afirmou que amostras de duas cepas foram encaminhadas a laboratórios da Fiocruz, mas não há previsão dos resultados desses exames.

“A reinfecção é possível e já têm casos em outros lugares do Brasil. Isso não significa que em Goiás não tenha acontecido, mas o que acontece é que, às vezes, eles não chegam até nós”, explicou.

Deixe seu comentário
SHARE
Goiano, 26 anos, Casado, Pai, Redator e Proprietário do Jornal Itapaci Urgente. Aqui a notícia é verdade.