Filho é suspeito de matar a mãe a facadas em Goiânia

0
44

Silvia Aparecida Barcelos Murussi Frizon, de 41 anos, foi morta a facadas na última quarta-feira (11), no Jardim Guanabara, em Goiânia.

Segundo a Polícia Civil (PC), o suspeito de ter cometido o crime é o próprio filho da vítima, Lucas Murissi Alegrette, de 19 anos. De acordo com informações de testemunhas, logo após o crime o suspeito fugiu no carro da mãe.

O caso aconteceu por volta de 10 horas na Rua Guaporé. Segundo a PC, o lote possui vários barracões e vizinhos escutaram a discussão e a mulher pedindo por socorro. Testemunhas informaram aos policiais que a família mudou para o local há uma semana e que, frequentemente, escutavam as brigas entre mãe e filho.

“Uma testemunha, que mora em um dos barracões do lote, foi até a casa da vítima quando ela gritou por socorro, mas a porta estava fechada. Quando ela gritou que ia chamar a polícia, o filho saiu da casa, pegou o carro da mãe e fugiu”, conta o agente da Delegacia de Investigação de Homicídio, Rainel Mascarenhas.

Segundo a PC, depois de fugir, o suspeito foi até o colégio onde a irmã de sete anos estudava e tentou pegar a criança, mas a diretora não autorizou a saída da menina porque não conhecia o irmão.

Na casa onde o crime aconteceu moravam a vítima com os dois filhos e o esposo, que é capitão do Exército, e estava no Rio de Janeiro fazendo um curso no momento do homicídio. O suspeito ainda não foi encontrado. A polícia espera que ele se apresente nesta quinta-feira (12) na Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH).

Deixe seu comentário
SHARE
Goiano, 26 anos, Casado, Pai, Redator e Proprietário do Jornal Itapaci Urgente. Aqui a notícia é verdade.