GOIÁS – Para manter propina ao PSDB, Saneago cogitou aumentar tarifa

0
878

O jornal O Estado de S. Paulo teve acesso às gravações da Operação Decantação, da Polícia Federal, e revelou algo que os goianos sempre desconfiavam: que a conta de água da Saneago era muito cara por conta da corrupção. Hoje, Goiás tem a tarifa de água mais cara do Brasil porque reajustes na tarifa de água eram feitas para sustentar propinas repassadas a tucanos, notadamente os que estavam na diretoria e no conselho fiscal da Saneago.

Em um trecho das intercepções, de acordo com a publicação, um funcionário da Saneago (o nome não foi divulgado) propôs um reajuste na tarifa de água especificamente para sustentar a propina repassada pela empresa ao PSDB, partido do governador de Goiás, Marconi Perillo.

Ainda de acordo com o Estado de S. Paulo, a situação chegou a surpreender os investigadores da Polícia Federal. Na ocasião, a arrecadação da Saneago, que fazia os pagamentos ilícitos, havia caído devido a crise econômica e hídrica.

Fato é que nos últimos anos a Saneago reajustou diversas vezes a tarifa de água do consumidor goiano. Só nos últimos dois anos, os aumentos somados passaram de 80%, muito acima da inflação ou do reajuste do salário mínimo concedido pelo governo no mesmo período.

Deixe seu comentário