Justiça do Rio de Janeiro manda suspender o WhatsApp novamente em todo o Brasil

0
573

A juíza Daniela Barbosa, do Rio de Janeiro, pediu a suspensão do aplicativo de mensagens WhatsApp na manhã desta terça-feira (19). A decisão foi tomada depois do Facebook, responsável pelo aplicativo, se negar a ceder informações e acesso ao conteúdo trocado por usuários para investigações policiais alegando “impossibilidades técnicas”; o argumento para isso é que as mensagens são criptografadas.

As empresas de telefonia foram avisadas sobre o bloqueio, que deve entrar em vigor ainda hoje. A ação pede que o Facebook crei uma tecnologia de chave de criptografia para que a polícia tenha acesso às mensagens de criminosos, que usam o aplicativo, segundo texto da juíza, como “escudo protetivo” na hora de se organizarem.

Esta é a terceira vez que o WhatsApp é bloqueado pela Justiça no Brasil. Em todos os casos, a suspensão foi uma represália da Justiça por a empresa ter se recusado a cumprir determinação de quebrar o sigilo de dados trocados entre investigados criminais.

 

Deixe seu comentário