GOIÁS: Assembleia finalmente demite Padre Funcionário Fantasma definitivamente

0
509

A mesa diretora da Assembleia Legislativa decidiu rejeitar recurso apresentado pelo padre Luiz Augusto Ferreira da Silva, que teria recebido salários integrais por 20 anos seguidos mesmo sem cumprir expediente na Casa.

Padre Luiz, como é conhecido, foi demitido em julho do ano passado, mas desde então tentava, através de procedimento administrativo interno, continuar nos quadros da Assembleia através da apresentação de recursos.

Ao avaliar o pedido do ex-servidor, a mesa analisou que ficou “demonstrada, cristalinamente, a ocorrência de infração disciplinar”. Com a decisão, o processo está definitivamente encerrado. Se quiser retornar ao cargo, o padre, que de acordo com o Tribunal de Contas do Estado (TCE), recebeu R$ 1,3 milhão sem trabalhar, precisa recorrer à Justiça.

Até agora, a Assembleia não foi notificada e não existem registros de ação no Tribunal de Justiça. Até o fechamento, a coluna não conseguiu localizar sua defesa.

 

Fonte: O Popular

Deixe seu comentário