Mulher é sequestrada, estuprada, feita refém por quase 300 km e consegue fugir após provocar acidente

0
1130

Uma motorista de aplicativo de 23 anos foi sequestrada, estuprada e deixada às margens da rodovia após os três criminosos capotarem o carro dela, na BR-080, em Barro Alto, na região central de Goiás. 

Segundo a Polícia Civil (PC), os três suspeitos morreram durante um confronto com a Polícia Militar (PM).

O delegado responsável pelo caso, Marco Antônio, conta que a corrida começou por volta de 0h, em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital. A vítima foi encontrada por volta das 9h da manhã desta segunda-feira (24) por motoristas que passavam pela rodovia e levada para o hospital.

A vítima foi chamada pelo aplicativo e, ao chegar no local, os três suspeitos a renderam, roubaram o carro e seguiam sentido Tocantins. Durante o percurso, os três estupraram a motorista”, detalha o investigador. Após ser socorrida, a vítima denunciou o caso à polícia, que iniciou as buscas.

A vítima contou à polícia que eles eram muito violentos e estavam armados. Nesse momento, uma força tarefa foi montada para tentar localizá-los na mata”, relata o Delegado.

A polícia encontrou os suspeitos, houve troca de tiros e dois deles morreram no local, o terceiro morreu a caminho do hospital.

Por fim, o delegado diz que os suspeitos cometeram outros crimes após o sequestro e, provavelmente, iriam matar a vítima. A polícia vai investigar se houve a participação de outros suspeitos. “Com o depoimento da vítima, também vamos entender a motivação para o crime”, finaliza.

Deixe seu comentário