GO: Mulher é presa suspeita de tentar matar grávida para ficar com o bebê

0
983

Uma mulher foi presa suspeita de tentar matar uma grávida para ficar com o bebê dela, em Goianira, na Região Metropolitana de Goiânia. O caso aconteceu no último sábado (29). 

De acordo com a Polícia Militar, ela chegou a abrir uma cova no quintal de casa, onde pretendia enterrar a vítima após matá-la. 

Em relato à PM, a própria suspeita contou que estava grávida, mas que perdeu o bebê e, por isso, queria uma criança para “sustentar sua mentira”.

Eu ia pegar o bebê dela para mim. Eu perdi meu bebê no começo da gestação e eu queria pegar para sustentar minha mentira”, disse a mulher à PM.

À polícia, ela confessou o crime, mas disse que se arrependeu antes de cometer o ato.

Ainda de acordo com a PM, a mulher teria armado uma emboscada para tentar ficar com o bebê. O tenente Diógenes Flávio Pires, da Polícia Militar, disse que a vítima relatou que conheceu a suspeita no dia anterior, por ligação, após a mulher oferecer doações de roupas de bebê.

Ela teria perguntado para amiga se ela conhecia alguma grávida, pois disse que tinha umas roupinhas de bebê para doar. Foi quando essa amiga sugeriu essa mulher. Ela entrou em contato, ofereceu as roupinhas e a grávida foi até a casa dela para pegar essas doações”, disse.

Segundo a polícia, a mulher também teria oferecido ajuda financeira e disse que iria pagar uma ultrassonografia para a gestante. Na casa da mulher, a gestante teria percebido que ela estava “enrolando” e pediu para ir embora. Contudo, teria sido nesse momento que a suspeita teria pegado um estilete e ameaçado matar a mulher.

Ela falou que queria o bebê dela. Colocou o estilete e uma faca no pescoço dela, só que em um momento de descuido, ela deixou a faca em cima do sofá e a grávida pegou. Elas começaram uma luta corporal”, contou.

Durante a briga, a grávida teria pedido à mulher que se acalmasse e falado para ela que iria conseguir um outro bebê para ela. Nesse momento, segundo a PM, a suspeita teria soltado o estilete e se acalmado. Foi quando a vítima conseguiu saiu para a rua e os vizinhos perceberam uma briga e chamaram a Polícia Militar.

A grávida falou para ela que iria arrumar um bebê para ela. Ela falou isso como uma forma de tentar escapar da casa. Aí a mulher se acalmou e quando elas saíram na rua, a grávida gritou socorro, pedindo ajuda para os vizinhos”, disse.

Após a Polícia Militar ser acionada, a mulher foi presa em flagrante por tentativa de homicídio. De acordo com a PM, as duas mulheres tiveram ferimentos superficiais, por causa da briga, e foram levadas ao hospital de Goianira e, depois, para a Central de Flagrantes.

Até a publicação desta reportagem, o portal não havia obtido contato com a defesa da suspeita para que se posicione.

Deixe seu comentário