Na briga por apoios no 2º turno, Bolsonaro cresce e deixa Lula para trás

0
582

O presidente Jair Bolsonaro (PL) saiu na frente do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na disputa por apoios para o segundo turno da corrida ao Palácio do Planalto.

De ímpeto, logo após o fim do primeiro turno, o chefe do Executivo federal conseguiu montar aliança com os governadores dos três maiores colégios eleitorais do país. São eles: Cláudio Castro (PL-RJ); Rodrigo Garcia (PSDB-SP) e Romeu Zema (Novo-MG).

Na sequência, buscando ampliar ainda mais o seu palanque, Bolsonaro conseguiu fechar com mais 8 governadores, que já oficializaram voto, apoio e adesão ao núcleo.

A ideia do QG presidencial é não se limitar apenas ao apoio ou qualquer tipo de sinalização, mas inserir essas personalidades políticas dentro da missão à reeleição.

Deixe seu comentário