GO: Mãe confessa que matou filha porque ela chorava demais ao sentir cólica

0
786
Bebê de 2 meses morre após ser agredida pela mãe em Nazário, em Goiás — Foto: Reprodução/Polícia Civil.

Uma adolescente de 17 anos, que foi apreendida suspeita de matar a filha de apenas 2 meses, confessou para a Polícia Civil que dava socos na barriga da bebê quando ela chorava de cólica. O crime aconteceu no último domingo (11), em Nazário, na região central de Goiás.

A mãe já estava muito impaciente com a criança e a agredia quando a bebê tinha cólica, inclusive com socos na barriga. O pai também falou que ela dava soco na barriga da criança“, explicou Fernando Martins, delegado responsável pelo caso.

Os nomes dos pais não foram divulgados pela polícia. Por isso, o IU não localizou a defesa para se manifestar sobre o caso até a última atualização desta reportagem. Os dois estavam detidos até esta quarta-feira (14).

O investigador contou que a mãe sacudiu e deu tapas na cabeça da filha até ela morrer. O pai presenciou a agressão, mas não fez nada para impedir e, por isso, também foi preso.

O casal também admitiu em depoimento que estava drogado e não negou o crime. Com eles, os policiais apreenderam um pó branco que seria a droga usada no dia do crime.

O delegado informou ainda que o Instituto Médico Legal (IML) constatou traumatismo craniano na bebê, porém ainda não emitiu o laudo pericial com a causa da morte.

Fernando Martins disse que a mãe pode responder por ato infracional análogo ao homicídio e o pai por homicídio qualificado por motivo torpe, com recurso que dificultou a defesa da vítima.

Deixe seu comentário