ITAPACI: Homem é morto a tiros após briga de trânsito na Avenida Floresta

0
5643

Na noite deste sábado (09/07), um homem foi morto a tiros no Centro de Itapaci. O fato ocorreu por volta de 21h53. Imagens de câmeras de monitoramento flagraram a situação. (assista mais abaixo).

De acordo com informações, a vítima identificada pelo nome de Douglas Pereira de Souza, de 29 anos, foi morto a tiros após uma discussão de trânsito na Avenida Floresta.

As imagens mostram um carro branco fazendo uma curva à esquerda e passando ao lado de outro carro branco, que estava parado no cruzamento, no momento da conversão. A câmera de monitoramento marca 21h53, quando as imagens estavam sendo gravadas.

Logo que os carros se cruzam, o motorista do segundo veículo parece conversar com alguém do lado de fora, até que um homem aparece se aproximando, à pé.

O motorista atravessa o cruzamento e o homem à pé parece jogar um facão na direção do carro que se afasta.

O motorista para mais à frente. Enquanto isso, o homem que estava à pé pega o facão do chão, começa a caminhar na direção oposta ao motorista, depois muda para o lado contrário, atravessando o cruzamento para chegar ao carro que acabara de parar.

Quando o homem que estava à pé chega ao motorista, os dois parecem discutir por alguns minutos. Com o que parece ser um facão em mãos, ele se afasta e volta duas vezes, até que o motorista aponta uma arma para o homem e atira, enquanto ele tenta dar golpes com com o facão.

Após a briga, a vitima atingida pelos disparos cai ao chão e o suspeito dos disparos volta para dentro do carro e vai embora.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) foi acionada, mas ao chegar no local apenas foi constatado o óbito da vitima.

A Polícia Militar (PMGO), esteve no local preservando a cena do crime até a chegada do Instituto Médico Legal (IML).

Douglas Pereira de Souza, 29 anos, foi morto durante briga no trânsito — Foto: Reprodução

O AUTOR:

A Polícia Civil registrou a ocorrência e vai investigar o caso. O delegado Fábio Mendanha, responsável pelo caso, disse que o motorista que atirou contra a vítima se apresentou à delegacia e entregou a arma usada no crime, para a qual ele tinha apenas autorização para posse.

A apresentação espontânea inviabiliza a prisão em flagrante. Ele vai responder por homicídio e porte ilegal de arma“, afirmou o delegado.

O nome do suspeito não foi divulgado, por isso o IU não conseguiu descobrir quem representa a defesa dele para pedir uma posição sobre o caso.

 

 

Deixe seu comentário