GO: Mãe é presa suspeita de instruir sua filha a alegar que não sofreu abuso sexual pelo padrasto

0
386
PC prende mãe que instruiu sua filha a alegar que não sofreu abuso sexual pelo padrastro. Imagem: PCGO

Na última quinta-feira (09/6), a equipe da Delegacia de Polícia de Alvorada do Norte deu cumprimento a mandado de prisão contra a mãe de uma criança vítima de estupro de vulnerável cometido por seu padrasto.

Após empreender diversas diligências investigativas, a equipe policial apurou que a genitora da criança procurou a delegacia para dizer que a criança mentiu sobre os abusos, estava impedindo que os membros do Conselho Tutelar realizassem acompanhamento com a menor. Além disso, a mãe também impedia a criança de receber acompanhamento psicológico, bem como, estava exercendo pressão psicológica para que ela falasse que mentiu sobre os abusos.

Com isso, a Polícia Pediu solicitou e o Poder Judiciário autorizou a prisão preventiva da mãe. A capturada, após os procedimentos de praxe, fora conduzida à unidade prisional de Posse e encontra-se à disposição da Justiça. O autor do crime sexual já foi preso, no final de maio. Ambos responderão por estupro de vulnerável (a mãe na forma omissiva). O celular da mãe também foi apreendido durante buscas, sendo que no aparelho foram encontradas buscas no navegar sobre “como mentir para psicólogo”, entre outros indícios de burla ao sistema judiciário.

Deixe seu comentário
SHARE
Goiano, 30 anos, Casado, Pai, Redator e Proprietário do Jornal Itapaci Urgente. Aqui a notícia é verdade.