GO: Trabalhador rural morre após suposta intoxicação por agrotóxico ao entrar em tanque de fazenda

0
687
Homem morre intoxicado por agrotóxicos, em Catalão, Goiás — Foto: Reprodução

Um jovem de 24 anos morreu após suposta intoxicação por agrotóxicos, na quinta-feira (28), no distrito do Santo António do Rio Verde, em Catalão, na região sudeste de Goiás, enquanto preparava e aplicava veneno em lavoura de sorgo. Adamilson França da Silva, que era trabalhador rural, chegou a ser levado em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município, mas já chegou ao local sem vida.

O rapaz deixa esposa e dois filhos pequenos. Segundo a Polícia Civil, ele teria sido contaminado ao ir checar o tanque de agrotóxico após perceber que uma peça da bomba utilizada para depositar a substância estava com defeito. Até o momento, o caso é considerado como morte acidental em ambiente de trabalho.

Adamilson acabou por entrar dentro do tanque do equipamento danificado, e logo em seguida, já perdeu as forças, ficando sufocado e desacordado“, diz o registro policial.

A polícia explica que quando o jovem passou mal foi necessário o uso de força para tirá-lo do tanque, já desacordado.

A delegada responsável pelo caso, Yvve Melo Rocha, não soube informar se a vítima utilizava equipamento de proteção enquanto aplicava o veneno. No entanto, foi solicitada perícia no local e o laudo cadavérico para o esclarecimento de detalhes.

Além de Adamilson, outras duas pessoas estavam no local: um trabalhador e o gerente da fazenda em questão. O trabalhador chegou a ser encaminhado à UPA junto ao jovem de 24 anos, mas já foi liberado. Segundo a delegada, a oitiva do homem será feita na próxima semana. Não há informações sobre o estado de saúde do gerente.

 

 

 

Deixe seu comentário