SP: Homem é baleado pela esposa após se negar a mostrar mensagens no celular

0
296
Agente penitenciário passou por cirurgia e tem quadro estável. Mulher foi presa por tentativa de homicídio em Pacaembu, interior de SP

Um agente penitenciário foi baleado pela mulher após se negar a mostrar mensagens que recebeu no celular. O caso aconteceu na última quarta-feira (9) em Pacaembu, interior de São Paulo. A mulher, de 32 anos, foi presa em flagrante por tentativa de homicídio.

Segundo a Polícia Militar (PM), quando o pai da vítima chegou no local do crime, encontrou o filho sangrando enquanto era socorrido pela ambulância municipal.

Conforme a PM, o idoso entrou na casa pela porta da cozinha e viu a nora sentada no chão, “em meio a sangue”, e com o revólver ao lado dela. O homem contou ter pegado a arma para “evitar mais problemas”.

Ainda segundo a polícia, a esposa da vítima aparentava estar em “estado de choque”. Ela contou para os agentes que o marido estaria escondendo mensagens no celular e ela pegou a arma com o “intuito de assustá-lo”.

A mulher afirmou ainda ter ficado “muito nervosa” quando apertou o gatilho, mas não tinha a intenção de machucar o marido. Ela estancou o sangramento do homem até a chegada do socorro.

O agente prisional foi encaminhado para o pronto atendimento de Pacaembu, com ferimento nas costas e saída pelo abdômen.

Após ser estabilizado, ele foi encaminhado para a Santa Casa de Misericórdia de Adamantina (SP), onde passou por cirurgia. Seu estado de saúde é estável.

Já a mulher foi encaminhada para a Delegacia da Polícia Civil. Durante audiência de custódia na última quinta (10), a prisão foi convertida de flagrante para preventiva. Ela foi levada para a Cadeia de Dracena (SP), onde aguardará a transferência para uma penitenciária feminina. (Via: Metrópoles)

Deixe seu comentário