Pai é acusado de matar filhos para receber apólice de seguradora

0
156

Um homem egípcio foi acusado de provocar a morte de seus dois filhos e de tentar matar sua esposa para receber uma apólice de seguro de vida. Segundo o New York Post, a polícia descobriu que o acusado ligou para diversas seguradoras antes de se envolver em um acidente de carro junto com sua família em um cais, na Califórnia (EUA).

Ali Elmezayen fez acordos de seguro de vida com oito empresas entre 2012 e 2013, mesma época em que, de acordo com o Departamento de Justiça da Califórnia, passava por graves problemas financeiros. Até que em abril de 2015, Elmezayen mergulhou o carro no mar com sua então esposa e seus dois filhos. As crianças morreram afogadas e a mulher foi salva por um pescador. O egípcio, que conduzia o veículo, também se salvou.

Meses depois o homem recebeu o valor de US$ 260 mil (equivalente a R$ 1,4 mi na cotação atual) de uma das seguradoras. O Departamento de Justiça afirmou que ele havia comprado um barco e um imóvel em seu país natal com o valor. John F. Walter, juiz distrital, disse que o suspeito era “o mais hábil mentiroso” e “um assassino ganancioso e brutal”, durante a condenação.

Elmezayen foi considerado culpado por cometer fraude postal, fraude eletrônica, roubo de identidade agravado e lavagem de dinheiro, o que gerou uma sentença de 212 anos.

 

Deixe seu comentário
SHARE
Goiano, 26 anos, Casado, Pai, Redator e Proprietário do Jornal Itapaci Urgente. Aqui a notícia é verdade.