Médicos são presos em operação da PC por reutilizarem materiais cirúrgicos descartáveis

0
130

Na última quarta-feira (11), a Polícia Civil prendeu seis médicos urologistas, uma instrumentadora cirúrgica e mais uma mulher que trabalhava como secretária de um dos profissionais. Eles são suspeitos de reutilizarem materiais cirúrgicos descartáveis. em pacientes

Foram oito ordens de prisão temporária e 12 de busca e apreensão. Os mandados de prisão temporária foram cumpridos e a operação deflagrada aconteceu nos Estados de Goiás e Paraná.

De acordo com a Polícia Civil, cateteres e outros equipamentos eram utilizados em até 15 cirurgias. quando eles deveriam ser descartados após uso único, para evitar risco de contrair infecções.

Segundo as investigações os equipamentos eram vendidos a médicos urologistas que reaproveitavam os materiais em cirurgias de pacientes particulares. A instrumentadora cirúrgica e a secretária tinham conhecimento da prática ilegal dos procedimentos.

Um médico e a instrumentadora foram presos em Francisco Beltrão, no sudoeste do Paraná. Outro médico foi detido em Campo Mourão e o terceiro e sua secretária em Ivaiporã, também no Paraná. Outros três profissionais do estado de Goiás foram presos em Rio Verde e Goiânia

O crimes investigados são associação criminosa, falsidade ideológica de documento particular e adulteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais.

Deixe seu comentário
SHARE
Goiano, 26 anos, Casado, Pai, Redator e Proprietário do Jornal Itapaci Urgente. Aqui a notícia é verdade.