Eleições 2016 – Serão eleitos 5.568 prefeitos e 57.931 vereadores neste domingo em todo Brasil

0
529

Neste domingo (2), 144.088.912 brasileiros escolherão os 5.568 prefeitos e 57.931 vereadores que serão eleitos nas urnas. Em Goiás, 4.464.442 eleitores elegerão os ocupantes desses cargos em 246 municípios. No País todo, apenas o Distrito Federal e Fernando de Noronha, que não têm prefeitos e vereadores, a população não participará do processo eleitoral de 2016.

Nos 246 municípios goianos, 3.151.379 eleitores votarão em urnas eletrônicas com biometria instaladas nas zonas e seções eleitorais de 124 cidades. Outra parte do eleitorado, que totaliza 1.313.063 eleitores em Goiás, dará seus votos a prefeito e vereador em urnas eletrônicas, mas sem o sistema biométrico, em 122 municípios.

O Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO) utilizará 13.596 urnas receptoras de voto e 106 meses para receber as justificativas dos eleitores que estiverem fora da cidade em que têm título de eleitor. Quem mora fora do Brasil também não vota, já que só pode escolher o presidente da República.

A eleição acontece das 8 horas às 17 horas de domingo. São obrigados a votar os eleitores a partir de 18 anos. Analfabetos, pessoas entre 16 e 17 anos ou com mais de 70 anos também só votam se quiser.

Na urna
O eleitor vota primeiro no candidato a vereador, que tem cinco dígitos. Há a opção também de votar na legenda, ou seja, no partido. Há urna informará antes de apertar a tecla confirma os dados daquela sigla partidária ao eleitor. Depois, são dois números para votar no candidato a prefeito.

Você pode levar uma cola com os números de seus candidatos a vereador e prefeito anotados para facilitar a votação, como orienta o TRE-GO. Há até um modelo de cola disponibilizado pelo Tribunal. Não há obrigação de usar a cola do TRE, basta que você use papel e caneta e faça a sua própria cola. Clique aqui para ver modelo.

Os candidatos que serão eleitos são aqueles que obtiverem a maioria dos votos válidos, que não consideram os votos em branco ou nulos. Não existe a possibilidade de anular uma eleição por meio do voto branco ou nulo, porque eles são descartados da contagem dos votos válidos.

O vice-prefeito é eleito no mesmo voto dado ao prefeito. Em Goiás, apenas três municípios com mais de 200 mil habitantes têm a possibilidade de realização do segundo turno: Goiânia, Aparecida de Goiânia e Anápolis. Para que o segundo turno não aconteça, o candidato mais votado precisa atingir a contagem de 50% dos votos válidos mais um voto.

Documento
O eleitor precisa apresentar um documento que tenha foto como carteira de identidade (RG), passaporte, carteira profissional reconhecida por lei, certificado de reservista, carteira de trabalho ou carteira nacional de habilitação (CNH). Não há obrigação na apresentação do título de eleitor, mas o eleitor precisa saber onde vota, a zona e a seção eleitoral.

Como saber isso? Pelo link http://www.tre-go.jus.br/eleitor/servicos/titulo-e-local-de-votacao. Na manhã deste sábado (1), o serviço estava fora do ar. Há também como descobrir quais são as seções eleitorais (http://www.justicaeleitoral.jus.br/arquivos/relacao-das-secoes-eleitorais) e quais mudaram de endereço (http://www.justicaeleitoral.jus.br/arquivos/tre-go-secoes-eleitorais-que-tiveram-alteracoes-nos-locais-de-funcionamento-eleicoes-2016-atualizada-em-16-09-2016).

 

Deixe seu comentário