Política: Deputado acusa governo de oferecer R$ 2 milhões para voto contra impeachment

0
463

O deputado Paulinho da Força (Solidariedade), um dos principais aliados de Eduardo Cunha (PMDB), acusou o governo, nesta ultima terça-feira (5), de oferecer R$ 400 mil para parlamentares que se ausentarem da votação do impeachment da presidente no plenário e R$ 2 milhões para um deputado votar contra.

Sem apresentar provas, ele também se negou a dizer nomes dos deputados que teriam recebido as ofertas do Planalto.

O parlamentar comentava a notícia de que a presidente não fará qualquer mudança ministerial antes da votação do impeachment no plenário da Câmara dos Deputados.

“É mais ou menos o que o PT faz a vida toda: engana todo mundo. Os parlamentares que estão aqui nesse troca-troca têm que saber disso: o governo oferece mas não cumpre”, disse.

“Porque, se cumprir, imagina como será depois: pagar R$ 400 mil para um deputado ficar em casa, pra não vir votar”, afirmou, depois completando que o governo “está oferecendo” R$ 400 mil para parlamentares.

“Ontem ofereceram R$ 2 milhões para um deputado só”, disse.

“Em seguida [de uma eventual vitória no plenário], como ela governa o Brasil com menos de 171 votos? É o caos no país”, afirmou.

créditos: opopular.com

Deixe seu comentário