GOIÁS: Auditorias confirmam rombo de R$ 23 milhões na OAB-GO

0
478

Nesta ultima quinta-feira (31/3) em coletiva de imprensa, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Seção Goiás, Lúcio Flávio, denunciou um rombo de R$ 23 milhões na entidade e anunciou o resultado de várias auditorias realizadas nas contas da gestões anterior.

Os dados indicam que há o comprometimento de 66% da receita com a folha de pagamento. Diante do rombo, a auditoria recomenda que seja feito um corte de 20% de despesas e de 30% da folha de pagamento. A diminuição de 237 funcionários, anunciada pelo presidente Lúcio Flávio, significa um corte de 45,8%.

De acordo com o secretário-geral da seccional, Jacó Coelho, a OAB-GO tinha pra esse ano uma despesa de R$ 47 milhões e receita estimada em R$ 30 milhões. Por isso, na última quarta-feira, a ordem aprovou ainda um novo orçamento para 2016, com um corte de R$ 16,8 milhões.

As dívidas vem principalmente de obras feitas em seis subseções, somando R$ 4,1 milhões, além de um empréstimo de R$ 2 milhões feito pouco antes das eleições, sem contar as obrigações tributárias.

 

 

Deixe seu comentário