GOIÁS: Professores do Estado vão parar atividades dias 15, 16 e 17 de março

0
621

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás (Sintego) convoca todos os trabalhadores da Educação do Estado de Goiás para participarem da Greve Nacional, que acontece nos dias 15, 16 e 17 de março.

A paralisação é um movimento nacional de luta pela preservação dos direitos, e em Goiás tem como pauta o cumprimento da lei do piso dos professores, o pagamento da data-base dos administrativos e a luta contra a privatização das escolas para as OS.

Instituído pela Lei 11.738/08, o piso dos professores é desrespeitado em Goiás, em 2012 Marconi extinguiu a titularidade de 30% dos professores para “garantir” o piso. desde 2013, Marconi só paga o reajuste em janeiro para professores PI e PII. contrariando a lei, os professores PIII e PIV só recebem a partir de maio, ou seja com quatro meses de atraso.

Prevista no art. 37, inciso X, da Constituição Federal e regulamentada em Goiás pela Lei Estadual 14.698/2004, em 2013 e 2014, a data-base dos administrativos foi paga parcelada e, em 2015, sequer foi paga.

Fonte:  goiasreal.com

Deixe seu comentário