O verdadeiro papel da imprensa

0
628

O século 21 nasceu numa sociedade baseada na informação. No mundo de hoje, o grande jogo do poder se dá na mídia. Ao menos contar com sua isenção pode eleger ou defenestrar governantes e aprovar ou rechaçar esta ou aquela política pública. Nesse contexto, essa mídia – e sobretudo a imprensa que a pauta – assume, antes de mais nada, um papel social de altíssima responsabilidade e que deve ser exercido com absoluta transparência sob pena de ameaça à democracia e aos direitos de cidadãos por conta de etnia, credo, grau de instrução, posições político-ideológicas ou de estrato social a que pertençam.

É esperável, portanto, que aquela pautadora da mídia, a imprensa, compreenda seu papel social e aceite submeter-se a uma única e plausível exigência: equilíbrio. Ao decidir tender para algum lado sem dar ao que pensa diferente a mesma oportunidade que a sua de se manifestar, a imprensa rouba o direito da sociedade de decidir com base em análise equilibrada, que para sê-la precisa de informações equilibradas que lhe deem acesso a ambos os lados de todas as questões – e agora peço que se releve que todas as questões têm dois ou mais lados.

Nós do Itapaci Urgente temos o compromisso da imparcialidade e de mostrar a nossa comunidade os fatos que realmente acontece, doa a quem doer, independente de religião, partido, poder aquisitivo ou etnia. E menos de um mês no ar o jornal Itapaci Urgente vem destacando e defendendo o interesses de nossa população.

Infelizmente oque vemos em nossa imprensa local é o total desrespeito com a verdade, visando apenas o interesses pessoais e deixando oque importa de lado, que é a informação correta aos seus leitores.

Caso Stella:

Um fato desagradável vem ocorrendo em nossa cidade, onde o dono de um jornal local criou um whatsapp fake para atacar e denigrir a imagem de pessoas no qual não atende aos mesmo interesses políticos do tal. Outro fato lamentável é não saber lidar com a concorrência, atacando de forma desleal os outros jornais locais, inclusive invadindo e causando tumulto em grupos de whatsapp da imprensa.

A internet não é mais uma terra sem lei! Crimes virtuais são delitos praticados através da internet que podem ser enquadrados no Código Penal Brasileiro resultando em punições como pagamento de indenização ou prisão. Os crimes digitais são cada vez mais comuns porque as pessoas cultivam a sensação de que o ambiente virtual é uma terra sem leis, criar um perfil falso é um crime virtual, então denuncie.

 

 

Deixe seu comentário