Governo libera a realização de rodeios e exposições agropecuárias, em Goiás

0
16

O Governo de Goiás liberou a realização de rodeios e exposições agropecuárias, após seis meses de atividades interrompidas devido à pandemia de coronavírus. A Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa) estabeleceu regras para o retorno dos eventos, como o limite de 70 pessoas por dia e proibição de bebidas alcoólicas.

“É importante frisar que esses eventos ocorrem em ambientes abertos. A expectativa é que esses eventos retornem de forma gradual para garantir a segurança de todos os participantes”, disse o gerente de fiscalização animal da Agrodefesa, Janilson Azevedo Júnior.

O limite de 70 participantes inclui organizadores, patrocinadores, juízes, proprietários de animais, tratadores e funcionários do local. Os organizadores deverão comunicar a realização dos eventos com 30 dias de antecedência à Agrodefesa. Eles também precisam ser cadastrados na agência. O local das atividades também deve estar cadastrado.

Segundo a Agrodefesa, o aviso com antecedência servirá para haja recepção, vistoria e emissão das guias de trânsito dos animais no local do evento.

As empresas só poderão realizar dois eventos por mês, com intervalo de 15 dias entre cada um. As atividades poderão durar, no máximo, três dias, e precisam ter horários definidos de início e fim.

Caso os critérios não sejam cumpridos haverá a suspensão das atividades durante todo o período de pandemia (confira critérios abaixo).

Critérios para realização de eventos
Na entrada do evento, a organização deverá pulverizar as rodas dos veículos, aferir a temperatura e disponibilizar álcool 70% para higienização das mãos. Além disso, deverá intensificar a limpeza e desinfecção das superfícies frequentemente tocadas.

Será obrigatório o uso de máscaras de proteção, além do distanciamento mínimo de dois metros. A preparação de alimentos não será permitida, apenas o fornecimento de refeições prontas e individualizadas.

Os trailers e caminhões devem manter distanciamento mínimo de quatro metros. Não será permitida a presença de bebida alcoólica durante todo o período de organização e realização do evento

Os equipamentos de uso individual como os de montaria (selas, rédeas, capacetes, luvas e outros) não deverão ser compartilhados.

As provas entre uma categoria e outra devem ter intervalo mínimo de uma hora para que seja feita a limpeza e desinfecção das instalações e fiscalização dos presentes

As empresas deverão, ainda, comunicar ao município e à Polícia Militar sobre a realização do evento com no mínimo três dias de antecedência. (Com informações do G1/Goiás)

Deixe seu comentário
SHARE
Goiano, 26 anos, Casado, Pai, Redator e Proprietário do Jornal Itapaci Urgente. Aqui a notícia é verdade.