Governo de Goiás prepara decreto que fechará indústrias, diz presidente da Fieg

0
27

Indústrias devem ser fechadas por 15 dias. É o que vai determinar o novo decreto que é preparado pelo Governador Ronaldo Caiado (DEM) e que foi revelado numa reunião com o  presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), Sandro Mabel, na tarde desta quinta-feira, 19. A medida drástica é para tentar conter o avanço do coronavírus que já foi confirmado em 12 pacientes goianos.

O novo decreto deve ser publicado ainda na sexta-feira, 20, e vai fechar todas as indústrias do estado, deixando de fora apenas a produção de alimentos, produtos higiene e saúde, de limpeza e farmacêutico.

“Ele entendia que o estado tinha que parar a circulação: o comércio, a indústria e o serviço. Nós argumentamos porque ele disse que ficaria aberto os supermercados, e então as industrias do setor precisa continuar produzindo”, relatou Sandro Mabel em vídeo divulgado a imprensa.

O presidente da Fieg diz que a notícia é complicada, mas necessária. “Eu recomendo que os empresários se adequem porque as indústrias terão que parar. Temos na Fieg modelos de convenções coletivas”, orienta.

Deixe seu comentário
SHARE
Goiano, 26 anos, Casado, Pai, Redator e Proprietário do Jornal Itapaci Urgente. Aqui a notícia é verdade.