Coronavírus: base aérea de Anápolis vai receber brasileiros vindos da China

0
18

base área de Anápolis foi confirmada como local para receber os brasileiros vindos da China. A informação foi confirmada pelo ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, na tarde desta terça-feira (04), junto ao ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo. Eles vão ficar em quarentena devido à epidemia do coronavírus.

Durante a manhã, o Governo Federal realizou uma inspeção no local. Durante a tarde, foi decretado um estado de emergência nacional em saúde pública por causa do surto mundial do coronavírus chinês. A portaria foi publicada em edição extra do DOU (Diário Oficial da União). E também foi criado o Centro de Operações de Emergências, estrutura federal responsável por articular políticas de prevenção à nova doença.

O Ministério da Saúde reconheceu a emergência sanitária internacional do coronavírus e elevou na segunda-feira (3) o nível da resposta brasileira para Emergência de Saúde Pública de Importância Nacional. A pasta também elaborou uma Medida Provisória para dar celeridade ao processo de repatriação dos brasileiros que moram em Wuhan.

Governador

“Me sentiria frustrado se meu Estado fosse consultado e se negasse a poder ter essas pessoa [que vem da China], com todo o esquema de segurança por parte do Ministro da Saúde [Luiz Henrique Mandetta], que conheço bem”, disse Caiado durante coletiva.

O governador fez questão de frisar, ainda, que os moradores do município estarão protegidos. Mais que quaisquer outras áreas do País. “[No período de quarentena] Essas pessoas não terão qualquer contato com um anapolino e nem circularão pela cidade”, garante Caiado. “Sabemos que essas pessoas irão chegar na base aérea, totalmente isolada, com medidas para que cada um seja alojado em quarto separado. Para qualquer sintoma que venha a ter, pois só vão embarcar aqueles que não tiverem sintoma algum, serão transportados para um hospital das Forças Armadas em Brasília.”

Por fim, o democrata afirma, ainda, que ninguém está fazendo um gesto irresponsável. “É querer viralizar uma notícia que não tem qualquer consistência.”

Ministro

O ministro Fernando Azevedo, durante o anúncio nesta tarde, no Palácio do Planalto, disse à imprensa que duas aeronaves modelo Embraer 190, com capacidade para acomodar 30 pessoas cada uma, irão decolar da Base Aérea de Brasília, nesta quarta-feira (5), ao meio-dia. Com previsão de aterrissar na China, na madrugada de sexta-feira (7), a chegada em Anápolis deve se dar na manhã de sábado (8).

Tratam-se de aeronaves reservas da frota presidencial, segundo Azevedo. “Foi um gesto do presidente abrir mão das aeronaves, tendo em vista a situação da Força Aérea.”

Ainda segundo informações do governo, tanto os cidadãos repatriados quanto os militares em missão, que estarão no avião, ficarão 18 dias em quarentena no município goiano. Atualmente, conforme o ministro, são 29 pessoas confirmadas para repatriação. Destas, quatro chineses listados como cônjuges, filhos ou pais de brasileiros. Há, ainda, sete crianças na lista.

“Os brasileiros que desejam retornar, fiquem em contato permanente com a nossa embaixada em Pequim. [Faremos] Tudo obedecendo parâmetros do governo chinês”, declarou o ministro.

Deixe seu comentário
SHARE
Goiano, 26 anos, Casado, Pai, Redator e Proprietário do Jornal Itapaci Urgente. Aqui a notícia é verdade.