Calor continua em Goiás, mas Natal e Ano Novo podem ter chuvas

0
9

O calor registrado em Goiás nos últimos dias tem explicação. A estação mais quente e úmida do ano chegou: o verão. 

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o verão teve inicio nesta sexta-feira (21) e, por mais que os goianos estejam reclamando das temperaturas, esta situação já era esperada para essa época do ano.

“Isso é normal. Nossos verdadeiros picos de temperatura ocorrem nos meses de setembro e outubro. Nessa época, inclusive, a umidade relativa do ar fica mais baixa. Alcançando mínimas e máximas preocupantes”, explica Marna Mesquita, chefe da seção de meteorologia do Inmet em Goiás.

De acordo com Marna, Goiás já está há quatro dias sem chuvas e isso resultou no calor enfrentado nos últimos dias. A umidade relativa do ar têm ficado mais baixa no período da tarde – entre 15h e 17h – registrando máximas de 30%. Quando a noite cai a umidade sobe, voltando a aproximadamente 80%.

“O calor enfrentado está relacionado à proximidade com o verão. Geralmente o início e o fim do verão são os períodos mais quentes desta estação”, explica.

Ainda conforme a chefe da seção de meteorologia, este ano as chuvas voltam mais cedo. Existe a possibilidade de chuvas para esta sexta-feira (21) na parte da tarde nas regiões Sul e Sudoeste de Goiás.

Marna explica que ocorre essa antecipação pode resultar em chuvas durante as festas de Natal e Ano Novo. Em 2017, esse pico de temperatura e chuvas só voltaram depois do Natal e apenas o Ano Novo foi chuvoso.

“A característica do verão em Goiás é ser chuvoso, mas abafado. Isso acontece porque as temperaturas altas, tanto a mínima quanto a baixa, e a umidade relativa do ar também”, explica.

Em Prognóstico Climático de Verão, o Inmet prevê alta probabilidade de ocorreram chuvas em nível normal e ligeiramente acima do normal em grande parte da região Centro-Oeste do Brasil, exceto no sul do Mato Grosso do Sul, onde a chuvas serão mais próximas à média.

Deixe seu comentário
SHARE
Goiano, 26 anos, Casado, Pai, Redator e Proprietário do Jornal Itapaci Urgente. Aqui a notícia é verdade.