Petrobras anuncia alta de 8,5% no preço do gás de cozinha

0
8

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (05), o aumento de 8,5% no preço médio do GLP (gás liquefeito de petróleo) para uso residencial, embalado em botijões de ate 13 kg, mais conhecido como gás de cozinha.

O reajuste incide sobre o preço cobrado nas refinarias e valerá a partir desta terça-feira (06). Com a alta, o preço do botijão, sem impostos, passa de R$ 23,10 para R$ 25,07.

No ano, o preço do botijão acumula alta de 2,8%, referente a R$ 0,69. Neste ano já haviam sido aplicada 2 reduções de preços, em janeiro e abril, e 1 elevação, em julho.

Desde janeiro de 2018, os reajustes do gás de cozinha passaram a ser trimestrais. Segundo a estatal, o preço de venda às distribuidoras não é o único fator que pesa para o preço final do produto.

De acordo com dados da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), de 21 a 27 de outubro, o preço médio do botijão de gás nas revendedoras era de R$ 68,59.

Segundo a Petrobras, a desvalorização do real frente ao dólar e as elevações nas cotações internacionais do GLP foram os principais fatores para o avanço. “A referência continua a ser a média dos preços do propano e butano comercializados no mercado europeu, acrescida da margem de 5%”.

Por esse motivo, as revisões feitas pela empresa podem ou não refletir no preço cobrado aos consumidores, que incorpora impostos e repasses de empresas como distribuidoras e revendedoras.

Deixe seu comentário
SHARE
Goiano, 26 anos, Casado, Pai, Redator e Proprietário do Jornal Itapaci Urgente. Aqui a notícia é verdade.