Em Jaraguá, mulher decapita marido com machado e ateia fogo ao corpo

0
14

Por volta das 11h30 da última quinta-feira (20) na cidade de Jaraguá, a 113 quilômetros de Itapaci, Daniel Antônio Gomes Moreira, compareceu à 3º Companhia Independente da Polícia Militar do município alegando que seu irmão, Pedro Paulo Gomes Moreira Batista, tinha desaparecido na madrugada de quarta-feira (19). Em buscas na região, a polícia localizou o corpo do homem no quintal de uma fazenda próxima ao povoado de Palestina de Goiás, onde ele exercia a função de vaqueiro. O corpo estava sob uma geladeira, coberto por terra e entulhos e já exalava mal cheiro. De acordo com a Polícia Civil (PC), após matar o homem a facadas, a mulher decapitou o marido com um machado e então ateou fogo ao cadáver.

Segundo o delegado responsável pelo inquérito, Glênio Ricardo Costa, a esposa de Pedro Paulo, Luma Lorrani Batista Otim Moreira, confessou a autoria do assassinato. “Ela relatou que na madrugada de quarta, estava discutindo com o esposo e, em determinado momento, pegou duas facas quando ele partiu em sua direção para agredi-la. Em sua defesa, alegou, desferiu um golpe com intenção de afastá-lo, atingindo-o no pescoço. Mesmo ferido, o marido tentou golpeá-la e, neste momento, a mulher desferiu outras facadas, causando a morte de Pedro”.

Em seu depoimento, a autora do crime diz que ficou desorientada em relação aos fatos e que está arrependida de sua conduta. Ela tentou esconder o corpo, colocando uma geladeira sobre a vítima, e relatou que o fato aconteceu no quintal da residência, local em que tentou ocultar o cadáver. Luma Lorrani foi detida em flagrante e encaminhada para o Presídio de Jaraguá.

Deixe seu comentário
SHARE
Goiano, 26 anos, Casado, Pai, Redator e Proprietário do Jornal Itapaci Urgente. Aqui a notícia é verdade.