Contas de energia em Goiás não poderão ser pagas em lotéricas a partir de agosto, avisa Enel

0
58

O encerramento do contrato da Enel (ex- Celg D) com a Caixa Econômica Federal fará com que a companhia não permita mais o pagamento das faturas de energia elétrica em casas lotéricas a partir do mês de agosto.

O cancelamento ocorreu porque a Caixa pediu um reajuste de cerca de 30% para continuar permitindo o pagamento nesses postos de atendimento.

Conforme a Enel, o valor proposto pelo banco chega a ser 50% mais alto do que é pago atualmente em Goiás. Por isso, o aumento poderia refletir diretamente na tarifa repassada ao consumidor.

“Como as taxas de arrecadação entram no cálculo das tarifas de energia, caso o contrato fosse renovado, o aumento no valor sugerido pela Caixa seria repassado para as tarifas na próxima revisão tarifária, com impacto na conta de luz para os consumidores da companhia. Com essa medida e a oferta de diversas alternativas para pagamento da conta de luz, buscamos proteger os consumidores do reajuste abusivo proposto pela Caixa Econômica”, explicou Márcia Roque Vieira, diretora de mercado da Enel, em nota ao Portal 6.

Como alternativa, a companhia orienta aos clientes que cadastrem as contas em débito automático, ou utilizem outros serviços, como o internet banking, caixas eletrônicos ou postos de pagamento credenciados em bancos e nas agências dos Correios.

Hoje, a Enel conta com mais de 1.700 pontos de arrecadação em todo o estado e os clientes podem entrar no site da empresa para ver quais locais de pagamentos estão disponíveis em Itapaci.

Bandeira Vermelha

Devido à diminuição na capacidade de geração de energia do país, as faturas referentes ao mês de julho terão acréscimo de R$ 5 para cada 100 KWh consumido.

Deixe seu comentário
SHARE
Goiano, 26 anos, Casado, Pai, Redator e Proprietário do Jornal Itapaci Urgente. Aqui a notícia é verdade.