Jaguatirica, animal ameaçado de extinção, é encontrada morta atropelada na BR-153, entre São Luiz do Norte e o povoado de Espírito Santo

0
1327

Mais uma cena triste e que vem se tornando comum nas estradas da região é o atropelamento de animais silvestres que atravessam a pista.

Dessa vez, uma Jaguatirica (Felis Pardalis), animal ameaçado de extinção, foi morta após ser atropelada na rodovia Belém-Brasília (BR-153), entre o municípios São Luiz do Norte e o povoado de Espírito Santo (64  km de Itapaci), durante a tarde da última quinta-feira (20).

Segundo informações de pessoas que trafegavam pela BR-153, a jaguatirica estava no meio da pista quando foi atropelada por um veículo desconhecido.

Pessoas que passavam pelo local colocaram o animal às margens da rodovia, para que não acontecesse outro acidente. Segundo um leitor que nos enviou a foto, o animal morreu na hora. “A pancada que o animal sofreu foi muito forte, a região do pescoço ficou aberta e as vísceras saíram”.

Esse animal é o terceiro maior felino das Américas. A Jaguatirica adulta chega a medir um metro de comprimento e a pesar 16 quilos. Os machos são um pouco maiores que as fêmeas. Esta espécie de felino tem hábitos noturnos e solitários e se alimenta principalmente de mamíferos de médio e pequeno porte, como macacos, pacas e ratos, além de aves, répteis, peixes e invertebrados.

As Jaguatiricas estão ameaçadas de extinção em diversas partes. No passado, o animal era caçado para a retirada da pele. Hoje, esses felinos são mortos por invadirem fazendas em busca de alimentos. Com a degradação do meio ambiente e as presas naturais cada vez mais escassas, as Jaguatiricas que ainda restam se arriscam em busca de alimentos.

Os atropelamentos acontecem com certa frequência nesta região. Assim como neste caso, ao tentarem atravessar as rodovias, as Jaguatiricas são atingidas por veículos e acabam morrendo.

Jaguatirica

A jaguatirica é um mamífero carnívoro da família Felidae e gênero Leopardus. O animal existe desde o sul dos Estados Unidos até o norte da Argentina, mas já foi extinta em algumas regiões de sua distribuição geográfica.

Quando adulto, seu comprimento pode chegar até 1,35 m (incluindo o rabo), sua altura pode chegar a 50 cm, seu peso oscila entre 11 e 16 kg e sua expectativa de vida é de até 20 anos.

A jaguatirica, considerada um felino de tamanho médio, é o terceiro maior felino da América, ficando atrás somente da onça pintada e do puma. Sua pelagem é espessa, curta e macia. A cor da pelagem é marrom, branco e preto. No Brasil, a jaguatirica é encontrada no Pantanal, Mata Atlântica, Cerrado e na Amazônia

Este animal tem hábitos noturnos (embora possa também caçar durante o dia) e vive nas matas, caça com habilidade tanto no solo como em cima de árvores. Sua alimentação é variada, sua dieta inclui aves, pequenos mamíferos (macacos, morcegos e roedores), anfíbios, répteis e, em alguns casos, até peixes. Quando mantida em cativeiro, este animal se alimenta de carne picada e pequenos animais abatidos.

Como acontece com muitos animais, a jaguatirica está ameaçada de extinção devido à destruição do seu habitat. Observou-se uma particularidade neste animal, dada a destruição do seu meio ambiente e do conseqüente sumiço dos animais dos quais deveria se alimentar, a jaguatirica aproximou-se de centros urbanos, onde pode sobreviver caçando animais domésticos e até se alimentando de carniça. (infoescola)

Fonte: ValleNews.com

Deixe seu comentário
SHARE

Goiano, 25 anos, Casado, Pai, Redator e Proprietário do Jornal Itapaci Urgente e futuro Jornalista. Aqui a notícia é verdade.