TRAGÉDIA -Avião com jogadores da Chapecoense a bordo cai na Colômbia

0
394

A Chapecoense se preparava para viver o momento mais glorioso de sua história. O sonho acabou interrompido de forma inesperada, naquela que já é a maior tragédia do futebol nacional.

O ano de 2016 tinha tudo para ser lembrado como o melhor dos 43 anos de vida do clube do interior de Santa Catarina. A Chapecoense apenas cresceu nos últimos anos e vivia seu auge. O acidente de avião, a caminho da final da Copa Sul-Americana, na Colômbia, deixou o mundo perplexo e o futebol em luto.

Na madrugada desta terça-feira, o avião da companhia aérea Lamia, da Venezuela, que levava a delegação da Chapecoense para a Colômbia, caiu antes de checar ao seu destino. Há informações de sobreviventes. Quinze pessoas já haviam sido resgatadas com vida. A primeira a sair do avião teria sido uma das aeromoças. Equipes de socorro tentam fazer o resgate em trabalhos ininterruptos. A aeronave tinha 81 pessoas a bordo, sendo 72 passageiros e 9 tripulantes, de acordo com a agência da Aeronáutica Civil colombiana.

Havia jornalistas da Fox Sport, entre eles o ex-jogador Mário Sérgio Pontes de Paiva, comentarista esportivo da emissora. O time brasileiro, rival do Palmeiras no fim de semana na partida que deu ao time paulista a conquista do título nacional, faria o primeiro confronto da decisão da Copa Sul-Americana com o Atlético Nacional, quarta-feira.

A Sul-Americana já cancelou a partida e se colocou à disposição dos envolvidos. Uma das possibilidades é o avião ter sofrido pane elétrica. Os sobreviventes estão sendo levados para dois hospitais da região próxima ao aeroporto Jose Maria Córdoba, em Rionegro, nas imediações de Medellín, um deles é o San Juan de Dios.

O avião seguia para Medellín, mas chovia na região. Há a possibilidade de a aeronova ter sofrido pane seca também. Imagens do SBT e da Fox mostraram os destroços da aeronova, com distintivos do clube brasileiro exposto. Equipes de socorros confirmaram para as agências de notícias que há sobreviventes e eles estão sendo resgatados por cerca de 500 profissionais colombianos. O acesso ao local da queda é difícil. O avião não explodiu, de acordo com informações dos paramédicos.

De acordo com a imprensa local ainda, o avião perdeu contato com a torre de controle às 22h15 (1h15 de Brasília). O SOS foi emitido entre as cidades de Ceja e Lá Unión. O avião, de matrícula CP2933, decolou de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia. As primeiras vítimas resgatadas já foram levadas para o hospital. Alan e Danilo, ambos da Chapecoense, teriam sido os primeiros a serem resgatados. Na emergência do voo, o piloto teria aberto os tanques de combustível para evitar a explosão da aeronave na queda. A região do acidente é montanhosa. O avião teria caído há apenas 25 quilômetros da cabeceira da pista do aeroporto de destino.

A Chapecoense emitiu uma nota. “Em função do desencontro das notícias que chegam das mais diversas fontes jornalísticas, dando conta de um acidente que transportava a delegação da Chapecoense, a associação esportiva, através de seu presidente Ivan Tozzo, reserva-se o direito de aguardar o pronunciamento oficial da autoridade aérea colombiana, a fim de emitir qualquer nota sobre o acidente. Que Deus esteja com nossos atletas, dirigentes, jornalistas e demais convidados que estão juntos com a delegação”.

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) cancelou todas as atividades esportivas sobre a Sul-Americana. O site oficial do rival da Chapecoense, Atlético Nacional, também se manifestou sobre o acidente, lamentando o ocorrido e desejando sorte ao time brasileiro e aos sobrevivente.

Veja a lista de passageiros preliminar, que está sendo atualizada na medida que as informações são atualizadas.

SOBREVIVENTES

Alan Ruschel (lateral da Chapecoense)
Jakson Follmann (goleiro)
Rafael Henzel (jornalista)
Ximena Suarez (comissária)

VÍTIMAS

Lista de jornalistas:
Victorino Chermont – FOX
Rodrigo Santana Gonçalves – FOX
Devair Paschoalon – FOX
Lilacio Pereira Jr. – FOX
Paulo Clement – FOX
Mário Sérgio – FOX
Guilherme Marques – Globo
Ari de Araújo Jr. – Globo
Guilherme Laars – Globo
Giovane Klein Victória – RBS (repórter da RBS TV de Chapecó)
Bruno Mauri da Silva – RBS (técnico da RBS TV de Florianópolis)
Djalma Araújo Neto – RBS (cinegrafista da RBS TV de Florianópolis)
André Podiacki – RBS (repórter do Diário Catarinense)
Laion Espíndola – Globo Esporte (repórter de Chapecó)
Rafael Valmorbida – Rádio Oeste
Renan Agnolin
Fernando Schardong
Edson Ebeliny
Gelson Galiotto
Douglas Dorneles
Jacir Biavatti
Ivan Agnoletto

Lista da tripulação:
Miguel Quiroga
Ovar Goytia
Sisy Arias
Romel Vacaflores
Alex Quispe
Gustavo Encina
Erwin Tumiri
Angel Lugo

Lista da delegação da Chapecoense:
Danilo
Ananias Monteiro
Arthur Maia
Bruno Rangel
Aiton Cesar
Cleber Santana
Marcos Padilha
Dener Assunção
Filipe Machado
José Paiva
Guilherme de Souza
Everton Kempes
Lucas da Silva
Matheus Btencourt
Hélio Zampier
Sérgio Manoel Barbosa
William Thiego
Tiago da Rocha
Josimar
Marcelo Augusto
Mateus Lucena dos Santos
Luiz Saroli
Eduardo Filho
Anderson Araújo
Anderson Martins
Marcio Koury
Rafael Gobbato
Luiz Cunha
Luiz Grohs
Sérgio de Jesus
Anderson Donizette
Andriano Bitencourt
Cleberson Fernando da Silva
Emersson Domenico
Eduardo Preuss
Mauro Stumpf
Sandro Pallaoro
Nilson Jr.
Decio Filho
Jandir Bordignon
Gilberto Thomaz
Mauro Bello
Edir De Marco
Daví Barela Dávi
Ricardo Porto
Delfim Pádua Peixoto Filho

 

 

Deixe seu comentário
SHARE
Goiano, 26 anos, Casado, Pai, Redator e Proprietário do Jornal Itapaci Urgente. Aqui a notícia é verdade.